sábado, 21 de abril de 2012

Assédio Psicológico



Busco, procuro, mas não encontro solução. Porque a lei só funciona para proteger bandidos? Para proteger ladrões?  Será porque os ladrões são a própria lei? Quem um dia esteve no domínio de um marginal por alguns segundos? Ou ainda, quem um dia se sentiu impotente diante de um seqüestro? Só quem viveu ou sobreviveu ao assédio psicológico pode entender o que meu pai sentiu. O que eu e minha mãe estamos sentindo; “IMPOTENTES”, esta é a palavra que tem definido o nosso estado psicológico. O assédio moral, ou psicológico, tem enfocado conteúdo restrito ao ambiente de trabalho, mais precisamente, entre patrões e subordinados. O assédio psicológico denota de uma situação que abrange outros parâmetros além das instituições de trabalho, escola e família. O assédio psicológico é uma forma opressiva de agressão, premeditada por um agressor com forte anomalia de caráter moral, psicológico e patológico. Esse agressor, geralmente, sente-se com poder para transgredir as leis ao seu favor, exigindo que o outro se desfaça de seus bens e direitos através do abuso do poder. O agressor cria, intencionalmente, situações de massacre silencioso que leva a pessoa agredida a humilhação, ao desestímulo para a luta e ao desequilíbrio físico e psicológico. A pessoa que comete assédio psicológico é uma pessoa desprovida de caráter, que mostra uma atitude de desprezo e desrespeito pela integridade humana. Sua incapacidade intelectual para enxergar os conhecimentos, capacidade, integridade e desenvoltura para a luta da pessoa agredida é tanta, que o faz sentir-se superior, menosprezando a inteligência do outro. O agressor tem finalidades claras e definidas, ele procura conseguir a desistência do outro através do desgaste psicológico para a concessão de bens de caráter social e financeiro. Esse agressor, para quem não o conhece, pode parecer uma pessoa normal, com capacidade para o convívio social. Para quem tem um convívio mais próximo com a sua personalidade doentia e seus impulsos de caráter perversivo, sabe que se trata de um ser desprovido de qualquer escrúpulo para conseguir tirar a vida de qualquer um, que por infortúnio do destino, cruze seu caminho. O constrangimento e a sensação de impotência diante das agressões levam-nos a um desgaste físico, emocional e psicológico que nos deixa desacreditado em todos aqueles que agem em favor do cumprimento das leis, e pode nos levar ao pensamento da busca por outros meios que nos livre desse mal diabólico que habita a nossa sociedade.
Aqui, quando me refiro ao assédio psicológico, não estou me direcionando a leitura de livros, ou a fatos ocorridos sem a minha participação; Mas sim, me refiro, ao meu vizinho, o Sr José Humberto Tomaz do Nascimento, dono do cartório da cidade. Este Sr tem praticado uma série de ocorrências criminais contra a minha família, ocorrências que levou meu pai ao infarto e tem provocado noites de insônia a me e a minha mãe. Este Sr que por uso emprestado de um banheiro, acabou nos roubando o quintal; não satisfeito tentou roubar a nossa cozinha, encanar a sua fossa para a nossa fossa, fazer gato na nossa água provocando vazamento numa nova parede a qual construí com recuo de 1m por ele ter destruído a nossa parede e ter construído por cima da nossa casa. Como dono do cartório e amigo do juiz, fiquei sabendo que ele criou documentos falsos passando a nossa casa para seu nome. Estou tentando resolução com a justiça, mas nada é resolvido e nós, eu e mamãe estamos sofrendo todo tipo de agressão psicológica, e ainda, estamos pagando os seus excesso de água. Gente mamãe tem 77anos, não está mais suportando. Peço justiça! Peço ação! Papai não suportou... Será que ele vai ter que matar a todos nós e ninguém vai nos ajudar em nada? Será que as leis só existem para satisfazer as suas conveniências?

Somos pessoas dignas e honestas, não furamos fila, não subornamos autoridades, não trocamos voto por favores, não tiramos vantagens dos outros, não recebemos trocos errados sem devolução, não deixamos dívidas sem créditos... Podem nos criticar por sermos honestos, mas temos orgulho de sermos quem somos, somos limpos, transparentes, não queremos nada que não seja fruto do nosso trabalho, só queremos o que nos pertence, só quero que a justiça prevaleça contra a injustiça. Quero PAZ!!! Quero AMOR!!! Quero VIDA!!! Quero JUSTIÇA!!! Só quero um mundo  melhor, melhor para todos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário